Menu
Banner 5 Blog
TABLET Banner 5 Blog
MOBILE Banner 5 Blog

Como usar Inteligência Artificial para vendas? Confira 4 formas!

Como usar Inteligência Artificial para vendas? Confira 4 formas!

Compartilhar:

O uso de Inteligência Artificial para vendas está em todo o lugar, até em aplicativos que os clientes nem imaginam conter essa solução. Porém, nem todo comerciante aproveita as vantagens disso, quer seja por não usar essa tecnologia ou por desconhecer suas aplicações.

Para mudar esse cenário e passar a contar com tudo o que a IA tem a oferecer, é preciso entender em que ferramentas ela está disponível, bem como as melhores formas de aproveitá-la no seu negócio.

Mas não se preocupe, pois este conteúdo conta 4 maneiras de utilizá-la e muito mais!

A Inteligência Artificial até hoje

A Inteligência Artificial é uma tecnologia cujas capacidades incluem aprendizagem e processamento em busca de imitar as habilidades cognitivas humanas, realizando atividades de forma independente.

Tendo todo um ramo da ciência da computação por trás do seu desenvolvimento, ela conta com um treinamento de máquina alimentado por dados. Isso permite que a IA consiga entender padrões, raciocinar a partir deles e aplicar esse raciocínio, por exemplo.

Conceitualmente, a IA surgiu na metade do século XX, enfrentando limites técnicos. À medida que eles foram sendo superados pelos avanços tecnológicos, houve o aumento das aplicações da Inteligência Artificial, chegando aos processos de vendas das empresas hoje em dia.

Nesse sentido, sua expansão se deve aos ganhos de eficiência, precisão e produtividade oferecidos, que permitem à equipe focar no que realmente agrega aos resultados, associados à popularização de soluções que contam com IA, tornando-a acessível.

Aplicações da Inteligência Artificial para vendas

A Inteligência Artificial para vendas apresenta diversas aplicações, mas 4 delas correspondem às principais formas de usar a IA nessa área. Confira quais são a seguir!

1. Análise

Como visto, os dados são parte vital da IA, já que a treinam. Mas essa relação não para por aí. Afinal, a análise dessas informações também permite que a aplicação de Inteligência Artificial para vendas consiga:

  • antecipar cenários mercadológicos, como oportunidades ou crises, proporcionando o planejamento de precauções ou a atuação proativa para aproveitar uma tendência positiva;
  • prever padrões de comportamento do público para ampliar a eficácia das ações de captação, conversão, resolução de demandas etc.

Com isso, tanto a equipe comercial quanto as soluções de automação baseadas nessa tecnologia passam a contar com uma base para tomar decisões mais precisas, direcionando suas práticas para o que tem maior chance de gerar resultados.

2. Relacionamento

Os dados são a base para as demais aplicações da Inteligência Artificial para vendas, entre elas, o relacionamento com os clientes. O atendimento via chatbots que respondem dúvidas, fazem reservas e mais, chegando a ter conversas com o público de uma forma tão natural, que muitos podem nem desconfiar que se trata de IA, se destaca nisso.

A personalização é outra maneira de usar a IA para se relacionar com o público, já que com ela ofertas de produtos ou conteúdos passam a considerar o perfil e o histórico do comprador, mesmo nas etapas iniciais do caminho até fechar o negócio.

Desse modo, sua utilização possibilita o melhor direcionamento de informações aos potenciais consumidores, facilitando sua conversão. Isso também vale para a experiência, um pilar importante na hora de construir vínculos e fidelizar

Esse foco inclui a possibilidade de detectar e evitar muitas falhas. Essa tecnologia também está presente em sistemas voltados à definição de estratégias e ações. Dessa forma, é capaz de diminuir situações que desagradam o consumidor. Um exemplo é seu uso para projetar as vendas futuras e garantir o estoque necessário.

3. Automação 

A automação está presente em soluções de atendimento, como os chatbots, mas esse uso da Inteligência Artificial para vendas vai além. Afinal, perpassa por todo o processo que leva à compra, desde a atração do consumidor até o pós-vendas, sendo aplicado para:

  • definir tendências de interesse do público, antecipando o que comprar, em que estratégia investir etc.;
  • segmentar os clientes, direcionando ações específicas para cada perfil, com o objetivo de ampliar a taxa de conversão;
  • gerenciar os fluxos de trabalho e de comunicação, do planejamento à avaliação dos resultados;
  • realizar ofertas personalizadas, aproveitando dados para aumentar o valor de cada negociação;
  • fazer a consolidação financeira das entradas, registrando os recebimentos de transferências via PIX, máquinas de pagamento ou links automaticamente;
  • encaminhar os pedidos para separação, emissão de notas e outras etapas da logística, sem depender da aprovação de um colaborador;
  • enviar notificações ao comprador, conforme a entrega for progredindo, quando faltar alguma informação ou houver quaisquer outras necessidades.

4. Otimização

O uso de Inteligência Artificial para a otimização de processos de vendas está muito ligado à automação deles. No entanto, nesse caso, o objetivo deixa de ser realizar as atividades. Aqui, o foco é encontrar maneiras de melhorar a forma como elas são feitas, reduzindo os erros ou o tempo gasto.

Um bom exemplo é sua implementação na segurança digital das transações financeiras e comerciais. Isso porque a IA identifica os padrões de comportamento de cada cliente e, a partir disso, consegue perceber as anomalias, impedindo fraudes ou outros danos quando alguém se passa pelo consumidor na loja virtual ou no aplicativo.

Benefícios para os resultados

Essas 4 aplicações da Inteligência Artificial para vendas se convertem em resultados mais que positivos para as empresas que investem nessa tecnologia. Entre eles, podemos citar:

  • aproveitamento dos dados para tomar decisões realmente eficazes, aumentando o retorno das ações decorrentes delas;
  • direcionamento do foco dos vendedores e atendentes para as fases mais complexas do processo, resolvendo as demandas de alta dificuldade;
  • redistribuição de custos capaz de gerar sua diminuição, à medida que recursos passam a ser utilizados onde há um maior rendimento;
  • redução de perdas por erros, retrabalhos e desperdícios, devido à elevação da eficiência operacional;
  • melhoria da experiência do cliente, causada por um conjunto de práticas que aproximam o negócio do seu público.

Tipos de ferramentas de IA para vendas

Colocar em prática os usos da Inteligência Artificial para vendas depende da adoção de ferramentas que contem com essa tecnologia. Entre os principais tipos, temos:

  • chatbots, assistentes virtuais e URAs para a interação com o público, podendo ser utilizados no site, redes sociais, aplicativos de mensagens, loja virtual etc.;
  • reconhecimento facial, de voz ou de caracteres, para autenticar operações com segurança, ler a partir de imagens, preencher formulários e avaliar informações em larga escala;
  • automação de fluxos de cadência que cobrem todo o processo comercial, segmentando, personalizando, criando, otimizando e realizando as ações;
  • soluções analíticas que coletam, organizam e relacionam dados, gerando percepções úteis.

Voltar a Inteligência Artificial para vendas é uma das melhores maneiras de aproveitar essa tecnologia. Até porque ela maximiza os resultados do seu negócio. As 4 aplicações que este conteúdo apresenta são essenciais para atingir seus objetivos. Portanto, busque por ferramentas que ajudem em algumas delas e comece a ganhar já.

Quer expandir o alcance deste conteúdo? Então, compartilhe o texto em suas redes sociais!

Artigos mais lidos

Tópicos

Granito, a máquina certa
para seu negócio

Receba os conteúdos da Granito

Fique por dentro de todos os conteúdos em primeira mão!

Sem spam. Desinscreva-se a qualquer momento.