Banner 5 Blog
TABLET Banner 5 Blog
MOBILE Banner 5 Blog

Como conseguir a integração de dados das vendas da empresa?

integração de dados - granito

Compartilhar:

A prática de integração de dados envolve a captura, a transformação e a consolidação dos dados de diferentes fontes em um formato padrão para que eles possam ser usados pela empresa.

Em função do grande volume de dados na Era Digital, integrá-los facilita a gestão do negócio. Esse é o assunto de nosso artigo. Aprecie a leitura e saiba mais sobre a integração de dados das vendas da empresa!

O que é e como funciona a integração de dados?

Integração de dados é o nome dado ao processo que reúne dados de origens diversas para uma visualização única e prática, o que facilita a análise deles e a tomada de decisões bem fundamentada.

Os dados reunidos se referem a perfis dos consumidores, suas dúvidas e problemas não satisfeitos pelo mercado atual, irregularidades no processo de produção, falhas no fornecimento de matéria-prima e outros.

A integração ajuda na consolidação de todos os tipos de dados, sejam ou não estruturados, em lote ou em streaming. Com a integração, o gestor pode fazer desde simples consultas até análises preditivas mais complexas.

Como funciona a integração de dados?

A integração de dados ocorre por meio da associação de informações de processos diferentes que se desenvolvem dentro da empresa (tarefas, dispositivos, sistemas).

Os dados são coletados por meio de processos de produção, considerando a compatibilidade entre os sistemas e as fontes de entrada e saída.

Os dados são armazenados normalmente em computação na nuvem para serem administrados por equipes produtivas durante os processos, tornando-se acessíveis de qualquer parte da empresa.

Assim, é importante escolher um software para o armazenamento das informações, que serão selecionadas conforme os processos. Entre os sistemas mais comuns, destacamos o ERP e o CRM.

Conforme a complexidade, a disparidade e o volume, há três modos de integração de dados: consolidação, federação e propagação.

Consolidação de dados

Nesse caso, há a combinação de dados de fontes diferentes para a formação de um banco de dados centralizado. É útil para análises e relatórios.

Federação de dados

Nessa forma de integração, ocorrem a simplificação de apps front-end para o público e a consolidação de dados. Há integração virtual dos dados em modelo unificado.

Propagação de dados

É a transferência de dados de um armazém de dados (data warehouse) de uma empresa para um sistema menor de armazenamento (data mart), depois que são realizadas as necessárias transformações. Como exemplos, temos a Enterprise Data Replication (EDR) e a Enterprise Application Integration (EAI).

Quais são os formatos da integração de dados?

O desenvolvimento na integração de dados exigiu novos avanços e novas tecnologias referentes à técnica. Existem, atualmente, os seguintes formatos de integração de dados:

ETL (extraia, transforme e carregue)

A Extract, Transform and Load (ETL) é a extração de dados brutos de um sistema de origem e seu direcionamento a um sistema de destino depois da transformação. É usado, em especial, na consolidação de dados, daquela que falamos antes.

A ETL pode ser carregada em lotes para deslocamentos massivos ou em tempo real, por meio do Change Date Capture (CDC), para transferir dados atualizados.

EII (integração de informações corporativas)

A Enterprise Information Integration (EII) é usada para providenciar reunião de dados selecionados sob demanda, que envolvem o desenvolvimento de uma camada virtual que protege os consumidores e os apps de conexão de dados.

Assim, a EII trabalha com integração de dados em tempo real, entregando com facilidade, o que permite o ágil consumo em análises e geração de relatórios.

EDR (replicação de dados corporativos)

O Enterprise Data Replication (EDR) trabalha com deslocamento de dados de um sistema para outro, fazendo a relação dos bancos de dados de origem e de destinos diferentes. Ele também replica a intervalos periódicos conforme as necessidades.

A propagação dos dados na EDR não se relaciona com transformação nem com manipulação de dados. Ela ainda faz uso do Enterprise Application Integration (EAI) e do Change Data Capture (CDC).

Como integrar corretamente os dados?

Para realizar uma integração de dados eficaz, é necessário levar em conta critérios como tempo e disponibilidade. Também é preciso economizar recursos na obtenção de qualquer material. Caso a estrutura disponível não seja capaz de fazer a extração dos dados com qualidade, é importante pensar em uma mudança. De forma simplificada, para integrar corretamente os dados, é preciso seguir os passos seguintes:

  • mapeamento dos processos internos;
  • alinhamento das estratégias à tecnologia;
  • análise das soluções disponíveis;
  • conhecimento da infraestrutura;
  • monitoramento das mudanças;
  • treinamento dos usuários.

Quais são as vantagens da integração de dados?

A integração de dados ajuda a aprimorar os processos produtivos, já que as atividades interligadas favorecem a melhoria desses processos.

A partir de uma visão estratégica, mais ampla, o gestor pode fazer uma análise dos dados capturados, receber insights valiosos e tomar decisões embasadas sobre o rumo a seguir. É possível evitar ou minimizar erros e os consequentes retrabalhos, pois todas as tarefas ficam registradas.

Os indicadores chave de desempenho (KPIs) fazem parte da análise de dados e são importantes para avaliar a evolução das metas do negócio (principalmente as metas relacionadas a vendas) e para a tomada de decisões que visem a atingir os objetivos traçados.

Os dados organizados geram economia de tempo na demanda por informações pontuais. Isso deixa a consulta e a recuperação de dados mais rápidas.

A gestão eficiente e a melhoria do atendimento comercial influenciam a experiência do consumidor de forma direta. A experiência do consumidor, por sua vez, é uma relevante variável para qualquer empresa, já que contribui decisivamente para o aumento de vendas.

Outro benefício é percebido na gestão de estoque. É possível acompanhar os estoques em tempo real, assegurando que os itens procurados pelo público estejam sempre disponíveis. A integração de dados pode ajudar na redução de gastos de armazenamento, reduzindo as possibilidades de itens esgotados, fazendo com que os clientes recebam suas encomendas dentro do prazo.

Um sistema de integração de dados permite ainda o rastreamento de pedidos, a gestão de inventários, a geração de faturas e o recebimento de pagamentos de modo mais efetivo.

Nós, do Portal Granito, além de oferecermos máquinas de pagamento, também oferecemos uma plataforma de gestão financeira que permite a integração de dados, o que vai facilitar o controle de suas vendas.

Tem interesse em conhecer melhor nossos produtos e nossos serviços? Estamos à disposição para responder suas mensagens. Entre em contato conosco pelo canal que julgar melhor e peça mais esclarecimentos!

Artigos mais lidos

Tópicos

Granito, a máquina certa
para seu negócio

Receba os conteúdos da Granito

Fique por dentro de todos os conteúdos em primeira mão!

Sem spam. Desinscreva-se a qualquer momento.