Banner 5 Blog
TABLET Banner 5 Blog
MOBILE Banner 5 Blog

O que é White Label e como funciona?

O que é White Label e como funciona?

Compartilhar:

White Label é um conceito muito aplicado atualmente. Ele interage de forma dinâmica com o mercado atual. É um modelo de negócio que proporciona facilidades tanto às empresas quanto aos clientes.

Neste artigo, vamos falar sobre as empresas que seguem esse modelo de negócio. Confira o que é White Label, as vantagens e as desvantagens que ele oferece!

O que é White Label?

Vamos começar explicando o que é White Label. A White Label (Marca Branca) é um modelo de negócios que permite que a empresa não tenha a necessidade de investir na criação de novos produtos e na expansão de suas atividades.

Nesse caso, a empresa compra itens de outros produtores e faz a venda desses produtos ao seu próprio público, colocando sua marca neles.

É uma parceria comercial que beneficia os dois envolvidos, sendo muito praticada em diferentes setores: vestuário, eletrônicos, alimentos, desenvolvimento de softwares, de plataformas e de outros serviços digitais.

A solução White Label funciona da seguinte maneira: o item é encomendado por uma empresa e entregue. A empresa que o recebe ainda tem a possibilidade de customizá-lo conforme suas próprias estratégias e sua identidade visual.

Confira alguns exemplos de White Label:

  • InfoMoney: empresa que faz parte da XP Investimentos;
  • Cronos Fintech: empresa que permite a criação de bancos digitais (assim, outras empresas têm a oportunidade de desenvolver uma plataforma ou um aplicativo de banco próprio);
  • Shopify: a partir dessa plataforma de comércio eletrônico, outras empresas podem criar seu e-commerce pessoal sem que seja necessária a codificação (com poucos cliques, a empresa pode criar a própria loja eletrônica).

Como surgiu a White Label?

As primeiras ocorrências de White Label remontam à década de 80, no cenário do hip-hop americano. Nessa época, as gravadoras iniciaram o envio de CDs com músicas já prontas a cantores célebres, para que tocassem nos shows.

As músicas não pertenciam a esses cantores. Porém, como eles necessitavam de inovações para seus shows, apossaram-se dessas canções e deram visibilidade a elas.

Posteriormente, em 2001, e-commerces iniciaram a concessão de linhas para que outras empresas vendessem suas mercadorias em troca de comissões.

Como funciona a White Label?

Depois de entender o que é White Label, vamos explicar melhor como ela funciona. Uma empresa concebe uma ideia de produto ou necessita de um software para deixar sua rotina mais organizada. Então, essa empresa procura o auxílio de outra empresa, qualificada para o desenvolvimento do produto que ela deseja.

A empresa parceira assume a responsabilidade de efetivar o processo para dar vida à ideia, o que envolve a aquisição de matéria-prima, o desenvolvimento, a produção e o teste da solução desenvolvida. Ao final de tudo, a empresa parceira entrega a solução pronta para que a outra empresa se encarregue de sua venda.

Na White Label, não existe contrato de exclusividade. Como exemplo, considere que uma empresa especializada em desenvolvimento de softwares pode comercializar sua solução para quantas empresas quiser.

Quando recorrer à solução White Label?

Caso a empresa não tenha tecnologia à altura nem conte com um parque fabril, mas ainda assim necessite de uma solução eficaz e rápida, uma solução é procurar uma empresa White Label.

Se o assunto envolver soluções digitais e a empresa precisar de um parceiro para automação dos processos, uma boa saída é contratar uma White Label para produzir softwares específicos. Basta lembrar que, para desenvolver um software do zero, é preciso investir tempo, esforços e dinheiro. Portanto, uma boa opção é contratar uma empresa que já realiza esse trabalho.

Com uma White Label como parceira, a empresa pode dedicar mais tempo e mais atenção aos objetivos mais relevantes do negócio. Não é preciso gerenciar projetos que vão além de seu escopo.

Quais são as vantagens da White Label?

Podemos identificar muitas vantagens na contratação de uma empresa White Label. Caso ainda não tenha contratado esse serviço, confira alguns benefícios que ele oferece:

  • profissionais qualificados: as empresas White Label são especializadas nos produtos/serviços que oferecem, ou seja, a empresa que contrata seu trabalho tem acesso a um time de profissionais que focam na melhoria contínua daquilo que fabricam;
  • baixos custos: as soluções oferecidas por uma White Label têm custos bem mais acessíveis quando comparadas ao desenvolvimento da solução por recursos próprios;
  • testes e aprovação: na maioria das vezes, as soluções ofertadas por uma White Label já foram testadas e têm aprovação no mercado.

Quais são as desvantagens da White Label?

Para conhecer a fundo o que é White Label, é importante conhecer não apenas as vantagens que ela oferece, mas também suas desvantagens. Vejamos algumas desvantagens desse modelo de negócio:

  • falta de exclusividade: como não incidem direitos autorais sobre as soluções apresentadas, elas podem ser oferecidas para empresas diferentes, não importa que sejam concorrentes;
  • limitações de personalização: sempre que o modelo foca no SaaS (Software as a Service, Software como um Serviço), podem aparecer limitações para personalizar aplicativos e plataformas, bem como limitação de recursos;
  • dificuldade de adaptação: ainda que haja muita flexibilidade na construção do produto, é possível que a solução de que a empresa precisa não possa se concretizar no momento.

Quais são as diferenças entre White Label e Private Label?

Diferentemente da White Label, a Private Label (Marca Privada) desenvolve o processo de fabricação ou de desenvolvimento do produto exclusivamente para uma determinada empresa.

Assim, ainda que uma empresa não seja a responsável pela criação de determinado item, ela tem direitos exclusivos sobre ele, podendo, inclusive, pedir ao fabricante que use processos ou fórmulas bem específicos. Assim, podemos afirmar que:

  • a White Label não oferece exclusividade sobre os produtos que cria e entrega às empresas que contratam seus serviços;
  • a Private Label oferece exclusividade sobre os produtos que cria e entrega às empresas que contratam seus serviços.

Apresentamos um panorama sobre “Marca Branca”. Falamos o que é White Label, suas vantagens e suas desvantagens e como esse modelo de negócio funciona. Mostramos também como ela se diferencia da Private Label. A White Label pode ser um diferencial relevante — pense nisso! Analise a possibilidade de recorrer a essa solução em determinadas situações.

Diante da relevância do que apresentamos ao longo do texto, contribua para que nosso artigo alcance outros leitores: compartilhe o post nas redes sociais e ajude a divulgar as informações!

Artigos mais lidos

Tópicos

Granito, a máquina certa
para seu negócio

Receba os conteúdos da Granito

Fique por dentro de todos os conteúdos em primeira mão!

Sem spam. Desinscreva-se a qualquer momento.