Banner 5 Blog
TABLET Banner 5 Blog
MOBILE Banner 5 Blog

Educação financeira nas empresas: confira o guia completo

Educação financeira nas empresas granito

Compartilhar:

Contar com uma boa educação financeira empresarial é determinante para o sucesso de empreendimentos, independentemente do porte, da região ou do ramo de atuação. Ao entender a dinâmica do dinheiro em sua empresa, você consegue precificar de maneira correta, melhorar suas escolhas de investimento e identificar gargalos do negócio.

Isso apenas é possível por meio do monitoramento e da coleta de dados relevantes, além da análise correta dessas informações. Pensando nisso, organizamos um guia detalhado sobre como desenvolver e implementar a educação financeira na sua própria empresa.

Quer saber mais? Então siga a leitura e acompanhe nossas recomendações!

O que é educação financeira?

Entender o conceito de educação financeira empresarial é muito importante para gerenciar a sua empresa de maneira adequada e conseguir destacar-se no mercado. Esse processo nada mais é do que a aquisição de conhecimento e habilidades ligadas às finanças.

O aprendizado obtido é essencial para direcionar o setor financeiro da empresa e conseguir gerenciá-lo de forma inteligente. Esse conceito envolve aspectos ligados a orçamento do negócio, fluxo de caixa, planejamento fiscal e empresarial, estratégias para manter tudo sob controle e até mesmo investimentos.

A partir do pleno entendimento, é possível promover a sustentabilidade financeira e melhorar a tomada de decisões na empresa, garantindo um crescimento saudável e a diferenciação de mercado.

Qual é a importância da educação financeira nas empresas?

Além de entender o conceito de educação financeira, vale compreender como ela pode ajudar o seu negócio e por que é relevante. Nesse sentido, ela auxilia no controle financeiro, permitindo que você entenda as fontes de receitas e despesas do empreendimento.

Ela também é um instrumento crucial para compreender como investir de forma inteligente, adequar o orçamento para manter a saúde do negócio e tomar decisões com base em indicadores essenciais para o sucesso da gestão.

Uma boa gestão financeira ainda vai ajudar a tornar a empresa um lugar melhor para os colaboradores, dado que permite oferecer melhores benefícios e mais tranquilidade para desempenharem suas funções.

Quais são os benefícios da educação financeira?

Existem diversos benefícios de investir em educação financeira em seu negócio. Ao entendê-los, você pode motivar-se para incorporar treinamentos e cursos em sua rotina de desenvolvimento. Por isso, elencamos cada um deles, a seguir!

Melhora a tomada de decisão

Por meio do aprendizado de conceitos financeiros, fica mais simples entender o que está se passando no negócio e, com isso, tomar melhores decisões. Além disso, ao estudar sobre finanças, você aprende quais são os principais indicadores que podem lhe ajudar a compreender a situação da empresa.

Dessa forma, fica mais fácil utilizar softwares para definir as métricas primordiais e, a partir delas, escolher os melhores caminhos para o seu negócio. Esse cuidado vai evitar o endividamento excessivo e garantir uma gestão mais eficaz do dinheiro.

Reduz os gastos

Encontrar maneiras de diminuir os custos da empresa é crucial para se destacar no mercado e manter o negócio competitivo. Por meio do aprendizado sobre finanças, você conhece as principais técnicas e ferramentas que podem ser utilizadas para otimizar a gestão.

Além disso, um bom conhecimento sobre finanças ainda vai auxiliar a montar um planejamento financeiro mais apropriado, o que permite reduzir desperdícios, evitar empréstimos com juros altos e outros gastos que podem comprometer o sucesso do negócio.

Permite o crescimento do patrimônio

Reinvestir na empresa é outro conhecimento que pode ser obtido por meio da educação financeira. Com a melhora na gestão, é natural que sobrem recursos para melhorar a infraestrutura e adquirir equipamentos que potencializam a produção e a lucratividade do negócio.

Além disso, com mais lucro, as chances de conseguir distribuí-lo de forma mais significativa para os sócios também são elevadas. Consequentemente, torna-se possível aumentar o patrimônio pessoal também.

Melhora a relação com parceiros

Com a melhor gestão financeira obtida a partir da educação, fica mais simples construir parcerias de sucesso na empresa. Por exemplo, como sua empresa tem saúde financeira, não vai atrasar pagamentos para fornecedores e colaboradores.

Esse tipo de situação aumenta a confiança dos parceiros e proporciona melhores condições na hora de negociar. Consequentemente, há facilidades para obter prazos e preços mais acessíveis, além de fazer processos seletivos para contratar novos colaboradores com muita eficiência.

Quais são os desafios a serem enfrentados?

Como você viu, há diversos benefícios relacionados ao investimento em educação financeira. Porém, é preciso superar os desafios para ter acesso a cada um deles. Explicamos quais são as dificuldades que podem surgir para você se preparar e superar cada uma. Veja em mais detalhes, a seguir.

Falta de entendimento sobre a importância das finanças

Muitos empreendedores acabam não dando tanto valor aos conhecimentos financeiros que podem ser aplicados em seus negócios e, por isso, não investem tempo e dinheiro em educação relacionada ao tema.

Consequentemente, acabam enfrentando diversos desafios para manter a empresa aberta e lucrativa. Todos eles podem ser superados por meio do aprendizado sobre conceitos financeiros e a respectiva aplicação no cotidiano do negócio.

Falta de gestão de tempo

Saber gerenciar o seu tempo é mais um aspecto que pode dificultar o seu aprendizado sobre finanças. É preciso adotar mecanismos para que um pouco do seu dia seja direcionado para estudar aspectos relevantes sobre a gestão financeira do negócio.

Para isso, você pode adotar um checklist e colocar como prioridade aprender mais sobre os conceitos fundamentais para a gestão da sua empresa. Além disso, usar softwares para controlar as tarefas diárias pode ajudar.

Resistência a mudanças

Outro desafio que pode surgir é o medo de mudar ou a resistência ao que pode ser alterado na empresa. É preciso ter coragem para aplicar tempo em aprender e colocar em prática cada um dos aspectos financeiros significativos para o seu negócio.

Somente a partir da educação e da propensão a mudanças é possível profissionalizar a empresa e construir um diferencial competitivo com o uso da gestão financeira eficiente e inteligente.

Como implementar a educação financeira na empresa?

Agora que você já conhece os principais desafios que podem aparecer com relação à educação financeira, é hora de compreender como implementar esse aprendizado em seu negócio. Explicamos em várias etapas para simplificar o entendimento. Confira mais, a seguir.

Controle de despesas

Um dos conceitos que você vai aprender ao estudar sobre finanças para empresas é o controle de despesas. Ele é fundamental para garantir melhora na gestão de custos e evitar gastos desnecessários.

Esse passo vai envolver o acompanhamento detalhado de todos os gastos do seu empreendimento. Para isso, você pode investir em registros financeiros, planilhas ou software de gestão com o intuito de monitorar todas as despesas. 

A partir desse ponto, torna-se possível entender para qual lugar o dinheiro está indo, permitindo identificar áreas nas quais o seu negócio pode economizar para se tornar mais eficiente.

Corte de gastos desnecessários

Com a identificação dos possíveis cortes, é hora de partir para a ação. Ou seja, investir em atitudes que permitam reduzir os gastos desnecessários e trazer maior eficiência operacional para o seu negócio.

Lembre-se de que é importante avaliar quais despesas são realmente necessárias para o funcionamento dos processo e quais podem ser reduzidas ou eliminadas. Você pode, por exemplo, cortar assinaturas de serviços não utilizados ou otimizar processos para reduzir custos operacionais.

Programa de educação financeira

Como você viu, aprender sobre educação financeira traz diversos benefícios. Caso você tenha funcionários na empresa, pode envolvê-los em treinamentos e programas relacionados ao aprendizado sobre finanças.

Esse programa pode incluir workshops, palestras, cursos online ou treinamentos presenciais para você e os funcionários. O objetivo é proporcionar conhecimento sobre gestão financeira para otimizar os processos empresariais.

Mapeamento do perfil financeiro

Entender o perfil financeiro da empresa e dos funcionários vai ajudar a melhorar o direcionamento dos treinamentos e fazer personalizações que ajudem a otimizar o desenvolvimento. Por exemplo, um funcionário de vendas pode beneficiar-se mais de treinamentos sobre comissões e metas de vendas, enquanto alguém no departamento de compras pode concentrar-se em negociações de fornecedores.

Capacitação sobre gestão

Entender sobre gestão empresarial e financeira é mais um ponto determinante que deve estar no seu cronograma de educação. Por isso, investir em capacitação sobre tais aspectos é um ponto primordial para ter sucesso na jornada empreendedora.

Por exemplo, é necessário entender como elaborar orçamentos, realizar projeções de fluxo de caixa, analisar os indicadores financeiros básicos e entender o desempenho do negócio. Além disso, aprender sobre ferramentas financeiras que podem ajudar na gestão também é crucial para se destacar no mercado.

Metas bem-definidas

Ter metas bem-estipuladas também faz parte do processo de educação financeira na empresa. Para isso, você pode utilizar dados e o histórico do negócio para definir objetivos claros e alcançáveis.

Assim, torna-se mais fácil direcionar os esforços de economia e investimento. Por exemplo, a empresa pode definir metas de redução de custos ou de crescimento de receita. Usar métodos como a SMART é primordial para que elas sejam específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais. 

Mudanças de comportamento

Caso você apresente alguma resistência à mudança, ou tenha dificuldade em gerenciar o tempo para aprender sobre finanças, é imprescindível entender que será necessário mudar o seu comportamento. O mesmo vale para funcionários que estejam resistentes.

A educação financeira visa a mudar o comportamento financeiro das pessoas na empresa e pode envolver a conscientização sobre gastos impulsivos, a promoção do hábito de economizar e a tomada de decisões financeiras baseadas em dados.

Estude sobre investimentos

Aprender quais são os melhores investimentos para se fazer na empresa é essencial para direcionar os recursos e melhorar o desempenho do negócio. Assim, você consegue fazer o capital trabalhar para o negócio e potencializa os retornos obtidos por meio das estratégias de negócio.

Esse passo pode envolver conceitos relacionados ao mercado financeiro, compreender quais são os principais ativos disponíveis na bolsa de valores, escolher estratégias de aportes para a empresa e fazer um caixa para proteger o empreendimento em momentos de dificuldades.

Lembre-se de que todos esses pontos devem estar alinhados com os objetivos do negócio. Além disso, é preciso fazer investimentos em ferramentas que melhorem a gestão e a produtividade do seu empreendimento.

Quais ferramentas ajudam no controle financeiro empresarial?

Existem diversos dispositivos que contribuem para a otimização de sua gestão financeira. Cada um deles cumpre um papel importante no levantamento e na centralização de dados sobre a condição atual da sua empresa. Veja, a seguir, quais são os principais recursos para otimizar as finanças da marca.

Planilhas eletrônicas

Apesar de ser uma opção menos sofisticada para a empresa, as planilhas eletrônicas, como Excel e Google Sheets, são uma excelente opção para micro e pequenas empresas, especialmente pelo baixo custo associado a elas. Nessa ferramenta, é possível listar despesas, receitas, criar relatórios e utilizar modelos gratuitos disponíveis na web.

Softwares de gestão

Seja para o gerenciamento da contabilidade ou com foco na gestão empresarial, os softwares são uma excelente alternativa para empresas que trabalham com muitas operações e realizam diversas movimentações financeiras.

Recursos como um ERP, por exemplo, podem incluir funcionalidades avançadas para o gerenciamento financeiro, criação de indicadores, conciliação bancária e elaboração de relatórios automáticos.

App para gestão de vendas

Um recurso determinante na hora de gerir o seu negócio refere-se a uma ferramenta para otimizar a gestão de vendas. Na Granito, por exemplo, você conta com um app exclusivo para organizar as finanças da empresa, realizar a antecipação de recebíveis, além de simplificar toda a gestão dos fluxos financeiros do seu negócio.

Consultoria especializada

Apesar de não ser um instrumento tangível, o acesso a um suporte especializado em aspectos financeiros é uma ferramenta determinante para organizar seu orçamento. Pensando nisso, a Granito disponibiliza o suporte de um consultor especializado para que você faça as melhores escolhas em soluções de pagamento, considerando sua realidade, demanda e audiência.

Ao investir em educação financeira na sua empresa, além de transformar as condições atuais do negócio, é possível construir um futuro promissor para a marca. Isso envolve melhorias em toda a estrutura interna, impactando todo o relacionamento com clientes, fornecedores, funcionários e demais pessoas envolvidas com seu negócio. 

Quer ajudar outros empreendedores a alcançarem o sucesso? Então compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e colabore para que essas informações cheguem a mais pessoas!

Artigos mais lidos

Tópicos

Granito, a máquina certa
para seu negócio

Receba os conteúdos da Granito

Fique por dentro de todos os conteúdos em primeira mão!

Sem spam. Desinscreva-se a qualquer momento.