{Nosso Blog}

Acompanhe as novidades do nosso mercado e as dicas dos nossos especialistas em primeira mão.

Como funciona a cobrança recorrente da Granito?

cobrança recorrente

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter

A cobrança é uma estratégia cada vez mais utilizada pelas empresas que adotam pagamentos de mensalidades para suas soluções — e com certeza você já conhece esse uso, ainda que não reconheça o nome. É o sistema utilizado, por exemplo, pelas principais plataformas de streaming (Netflix, Amazon Prime, Disney Plus, entre outros).

Esse método de pagamento pode ser uma das formas de trazer maior dinamismo e eficiência para o dia a dia da sua empresa e evitar prejuízos. Mas como isso funciona com as soluções Granito? É o que vamos falar aqui.

Para auxiliar você, teremos neste artigo o apoio do José Leopoldo, nosso colaborador da área de treinamento, para tirar suas principais dúvidas sobre o tema. Vamos juntos?

O que é a cobrança recorrente?

A cobrança recorrente é uma solução interessante utilizada nos casos em que o seu cliente tenha que realizar um pagamento mensal. É o caso, por exemplo, do pagamento de mensalidades por um serviço, assinaturas, entre outros.

Isso é diferente, por exemplo, de realizar uma compra no cartão do seu público com o valor parcelado, que corresponda a uma mensalidade. No caso, a cobrança é realizada mensalmente, de forma programada.

A Granito disponibiliza para os clientes a possibilidade de programar uma data para que a cobrança seja realizada no cartão de crédito e definir uma determinada quantidade de parcelas. Com isso, o comprador não precisa ir até o estabelecimento para realizar o pagamento todos os meses.

Como José Leopoldo explica: “a cobrança é programada uma vez com o cartão no POS, na data de matrícula, por exemplo, e é feita de maneira automática para as demais parcelas programadas”, ou seja, não é preciso intervenção ativa de algum colaborador para que a cobrança seja realizada.

Por que a cobrança recorrente é uma tendência?

Cada vez mais vemos as empresas optando pelo modelo de cobrança recorrente. Mas por que isso é uma tendência? O José Leopoldo nos dá algumas diretrizes que apontam os motivos disso, como veremos a seguir.

“Em tempos de pandemia e de isolamento social ela é uma aliada, pois o cliente precisa estar no local apenas na contratação ou no ato da matrícula, sendo que as demais parcelas são cobradas a distância”, ressalta o profissional. Assim, evita-se deslocamentos desnecessários que possam expor as pessoas a riscos de contágio.

As vantagens também se estendem para as empresas, pois “significa uma economia das taxas que são pagas pela operação”, levando a menos perdas financeiras. Outro ponto que nosso especialista ressalta, é um risco menor de fraude, já que a primeira transação é feita com o cartão inserido.

Outro benefício é a maior segurança, já que as chances de chargeback (cancelamento e solicitação de estorno, o que acontecia nas situações com parcelamento) são praticamente nulas. Afinal, as cobranças são feitas mensalmente. O que pode acontecer é que a pessoa solicite o cancelamento da cobrança recorrente, mas você perde apenas o valor daquela mensalidade em diante, e não o total, como era no sistema de parcelamento de valor total.

Quando a compra recorrente é indicada?

Afinal, todas as empresas são beneficiadas pela adoção da compra recorrente? Segundo José Leopoldo, não. E nós, na Granito, não queremos apenas empurrar produtos para nossos clientes, diferentes do que outras empresas podem vir a fazer.

Por isso, temos um sistema interno para analisar essa situação, como nosso especialista explica: “hoje, na Granito preservamos a integridade das operações, tanto internas quanto dos nossos clientes. Por isso, temos uma análise prévia que é feita pela nossa área de risco. Essa avaliação pode durar até 7 dias úteis”.

Quer saber o que acontece quando a resposta é positiva? “Caso se mostre viável para a empresa, a habilitação é feita automaticamente no terminal”, reforça José. Assim, você já terá essa função disponível em sua solução e poderá passar a oferecê-la para seus funcionários.

Mas para quem é indicada a solução? Nosso especialista aponta que empresas de segmentos que estão ligados com pagamentos periódicos são as mais recomendadas. Estão entre elas:

  • escolas;
  • academias;
  • administradoras de condomínio;
  • cursos livres;
  • plataformas de cursos, entre outros.

José traz um exemplo de estabelecimentos comerciais (como uma escola ou academia) de como é aplicado o pagamento de mensalidades e os benefícios da cobrança recorrente. Veja a seguir.

“Hoje, o mercado, ao cobrar um plano atual, o faz em 12x no cartão de crédito, o que acarreta em taxas de juros altas para o estabelecimento e um grande risco de chargeback. Na recorrência, o estabelecimento recebe mensalmente como crédito à vista, o que implica em uma significativa redução de taxas. O risco de estorno é praticamente zero, pois o estabelecimento pode fazer a gestão total das parcelas da recorrência pelo nosso portal, reajustando valores, reagendando datas etc.”, ressalta o especialista. Além disso, há a vantagem de não comprometer o limite do cartão de crédito do cliente.

Como utilizar a ferramenta de cobrança recorrente da Granito?

Para quem usa nossa máquina, José Leopoldo nos ensina como realizar a configuração passo a passo:

  • credencie o estabelecimento na base da Granito;
  • sua empresa passará por uma formalização de habilitação da solução para a área de risco (isso pode durar até 7 dias úteis);
  • se o resultado é positivo, a liberação é feita automaticamente no terminal, basta reiniciar a máquina;
  • ao passar o cartão na modalidade crédito, caso seja um cenário de cobrança recorrente, surgirá uma tela perguntando se o estabelecimento deseja gerar um pagamento recorrente. Basta você sinalizar a opção de preferência;
  • caso queira cancelar uma recorrência, basta entrar em contato com a Granito e solicitar o cancelamento das parcelas futuras. Eles podem ser realizados até as 23:59 do dia anterior à cobrança;
  • nos casos em que o contrato entre você e o cliente prevê isso, pode-se aplicar até mesmo uma multa pela quebra do contrato.

Para isso, é importante que você utilize o nosso POS, que é um terminal moderno e fabricado por uma das empresas mais importantes na área (Newland). Essa solução não pode ser disponibilizada nos terminais que não imprimem comprovantes.

A Granito está sempre buscando a satisfação do cliente. Por isso, estamos sempre pensando em soluções que possam ser integradas em sua máquina para aprimorar suas rotinas no dia a dia.

Se você ainda não conta com as soluções Granito, basta entrar em contato conosco e solicitar uma visita do nosso consultor comercial. Ele fará todo o acompanhamento para a implementação e auxiliará no passo a passo que abordamos aqui. Com isso, é possível garantir maior facilidade para os pagamentos do seu negócio.

Então entre em contato e não perca mais tempo!